Garantia CEISC: Você não precisa esperar, aqui sua preparação começa agora.

PUBLICADO EM 14/11/2018
Olá!
Passada a prova da 1ª Fase do XXVII Exame de Ordem sempre surgem os questionamentos acerca das possíveis anulações, muitos alunos atrasam seu estudo porque ficam no aguardo dos prazos recursais e da aprovação oficial.

Frente a isto, a CEISC resolveu criar o Garantia CEISC, uma forma de você se matricular no curso de 2ª Fase do XXVII Exame desejado e não perder nada só porque está aguardando as anulações.

Funciona assim, os examinandos que aguardam eventuais anulações podem efetuar sua inscrição em nossos cursos preparatórios de 2ª Fase do XXVII (Administrativo, Civil, Constitucional, Empresarial, Penal, Trabalho e Tributário), caso não ocorram anulações o valor será convertido em desconto para o curso preparatório de 1ª Fase do Exame XXVIII, pagando apenas a diferença restante.

O aluno poderá requerer o GARANTIA CEISC do dia da prova até a disponibilização do resultado definitivo da prova da 1ª Fase do XXVII, entre 18/11/2018 a 18/12/2018 para o e-mail atendimentofinanceiro@ceisc.com.br

Procedimento:

1) Adquira o curso de 2ª Fase do XXVII desejado.
2) Caso não tenha sido aprovado basta enviar um e-mail para atendimentofinanceiro@ceisc.com.br solicitando sua garantia, entre 18/11/2018 a 18/12/2018 . E sua matricula será transferida para o curso de 1ª Fase do Exame de Ordem XXVIII, mediante o pagamento apenas da diferença.

Na data de divulgação do resultado definitivo (18/12), o aluno deverá, impreterivelmente, enviar um e-mail para atendimentofinanceiro@ceisc.com.br, solicitando a troca do Curso de 2ª Fase do XXVII para o Curso de 1ª Fase do XXVIII, mediante o pagamento apenas da diferença entre os cursos. A não observância do prazo do dia 18/12, acarreta na incidência da cláusula 10, §1º do termo de uso.

Gostou da novidade? Acesse nosso site e inscreva-se!

Resultado dos Sorteios - Revisão Turbo de 1ª Fase CEISC - XXVII Exame de Ordem

PUBLICADO EM 10/11/2018

Confira os sorteados da Revisão Turbo de 1ª Fase do XXVII Exame de Ordem #DecifreOAB

Ainda não está participando? Saiba como clicando aqui!


Aula:                            Prêmio:                                           Sortudo(a):             Cidade/ES:

09/11 Direito Internacional1 Bolsa - PenalDenis Ezequiel DeboerSão Paulo
09/11 Direito Internacional1 CamisetaFernanda Boin da SilvaSão Paulo
09/11 Constitucional1 BolsaJonh Lenon Pereira da SilvaFortaleza/CE
09/11 Constitucional1 CamisetaMaysa Rubia Monteiro de Olveira Maceio/AL
10/11 Direito do Trabalho1 Bolsa Bruna Baptista Zilme
São Paulo SP
10/11 Direito do Trabalho1 CamisetaGabriela Cristina de Lucena Duarte

Recife PE

10/11 Processo do Trabalho1 BolsaShiara Pasqualotto
Porto Velho
10/11 Processo do Trabalho1 CamisetaMaria Laura Costa e Silva Mantovani 
Cuiabá

10/11 Processo do Trabalho

1 Livro Profª Cleize e Profº Luiz HenriqueVanessa Oliveira Pereira
Bahia
11/11 Direito Penal - Parte I

1 Bolsa de Estudos

Gabriela Velasques dos Santos
São Paulo SP
11/11 Direito Penal - Parte I

1 Camiseta

Wallace Bastos Moreira do Nascimento
São Paulo SP
11/11 Direito Penal - Parte I
1 Livro Prática Profº NidalRogério Antonio da Silva
São Paulo SP
11/11 Direito Penal - Parte I
1 Vade Profº NidalLarissa Karin de Andrade Oliveira
Recife PE
11/11 Direito Penal - Parte II
1 Bolsa de EstudosClaudeci da Silva Quadros
Belém PA
11/11 Direito Penal - Parte II
1 CamisetaCamila Brendler Bergamaschi
Cuiaba MT
12/11 Empresarial1 Bolsa de EstudosAmanda Pedrosa
-
12/11 Empresarial
1 CamisetaArlete Rodrigues Nogueira
São Paulo SP
12/11 Tributário1 Bolsa de EstudosAmanda Griebeler Siqueira
São Paulo - SP
12/11 Tributário
1 CamisetaJaqueline Moura Sandini
Araguaina - TO
12/11 Tributário
1 Livro Profº GuilhermeFernanda Dias Rezende
São Paulo - SP
13/11 Respons. Civil e Direito do Consumidor
1 Bolsa de Estudos
Renato Tinarelli
Campo Grande - MS
13/11 Respons. Civil e Direito do Consumidor
1 Camiseta
Jadson Matos da Silva Bittencourt
Campo Grande - MS
13/11 Dir. Civil Parte Geral, Família e Suc.1 Bolsa de Estudos
Jasmine Bastos
Porto Vitória - PR
13/11 Dir. Civil Parte Geral, Família e Suc.
1 Camiseta
Alessandra Cardoso
-
13/11 Direito Administrativo1 Bolsa
Laila Daiane
Guaíra - PR
13/11 Direito Administrativo
1 Camiseta
Dayana Vieira
Jateí - Mato Grosso do Sul
14/11 Processo Civil1 Bolsa
Felipe Conde Machado
-
14/11 Processo Civil
1 Camiseta
Henrique Anderson Cruz-
14/11 Processo Civil
1 Bolsa


14/11 Processo Civil
1 Camiseta


15/11 Processo Penal - Parte I1 Bolsa


15/11 Processo Penal - Parte I
1 Camiseta


15/11 Processo Penal - Parte I
1 Bolsa


15/11 Processo Penal - Parte I
1 Camiseta


15/11 Processo Penal - Parte II

1 Bolsa


15/11 Processo Penal - Parte II
1 Camiseta


16/11 Direito Civil Parte Especial e Obrigações1 Bolsa


16/11 Direito Civil Parte Especial e Obrigações
1 Camiseta


16/11 Ética1 Bolsa


16/11 Ética
1 Camiseta


Recursos MPU: mais questões passíveis de anulação

PUBLICADO EM 25/10/2018

Oiii, concurseiros,

 

Após reanálise das questões, recebemos mais duas possibilidades de recursos, da prova para Técnico do MPU. Aproveite que ainda dá tempo de fazer seu recurso. 


Atenção: É até hoje (25/10), às 18h, o prazo recursal, e o envio deve ser feito diretamente pelo site da CESPE/CEBRASPE. É necessário fundamentar os recursos com as suas próprias palavras, uma vez que os recursos idênticos não serão considerados. 


Seguem as considerações dos nossos professores:



ADMINISTRAÇÃO(PROF. FABIO MAIA)

 

TécnicoMPU:

 

Enunciado: Em um processo de planejamentoestratégico, deve-se primeiramente realizar a análise da situação do ambientepara, em seguida, definirem-se os objetivos a serem alcançados.

 

Justificativa: A questão deve ser anulada por nãoexplicitar qual ambiente (externo ou interno) deve ser analisado. Os planosestratégicos podem ter diferentes graus de formalidade, extensão, periodicidadede preparação e muitos outros atributos. Muitas organizações não têm planosestratégicos explícitos.  Outras fazemplanos para cinco anos e os renovam anualmente. Algumas pensam longe, 25 anos àfrente. Outras, ainda, trabalham com diretrizes genéricas.

Embora as fases para aelaboração do planejamento estratégico estejam dispostas numa seqüência como ado diagrama acima, é importante ressaltar que o processo se constitui deestudar, definir, reavaliar e, eventualmente redefinir a missão da organizaçãoquando necessário.

 

Fonte:COSTA, Eliezer Arantes da. Gestão Estratégica. 6ª tiragem revista e atualizada. SãoPaulo: Saraiva, 2006.

 

 

Técnico MPU:

Enunciado: Julgue os itens a seguir, a respeito demodelagem de processo, gestão de projetos e tomada de decisão. Se um sistema deanálise eletrônica de dados realiza sessenta análises em um período de seishoras, então se trata de uma análise de velocidade, haja vista as técnicas deanálise e mensuração de processos.

 

Justificativa: A questão deve ser anuladacorrelacionar análise de velocidade com as técnicas de análise e mensuração deprocessos. sendo que essas técnicas preconizam a agregação de valor aosprocessos e não o aspecto velocidade.

 

Fonte: BARBARÁ, Saulo (organizador). Gestão porprocessos: fundamentos, técnicas e modelos de implementação. Rio de Janeiro:Qualitymark, 2006.





RECURSOS MPU: Itens passíveis de anulação ou retificação

PUBLICADO EM 24/10/2018

 Olá, concurseiros,

 

Após estudo acerca das questões quecompõem as provas de Técnico e Analista do MPU, a equipe de professores doCEISC indicou algumas questões passíveis de recurso e sugeriu a respectiva fundamentação.Como as provas não são iguais, cuidado para fundamentar a questão correta,verifique o enunciado e veja a qual número ele se refere na sua prova!


Atenção: É até amanhã, às 18h o prazorecursal, e o envio deve ser feito diretamente pelo site da CESPE/CEBRASPE.Lembre-se de formular os recursos com as suas palavras, já que recursos idênticos nãoserão considerados. 


Seguem as considerações dos nossosprofessores:

 


  • ADMINISTRATIVO (PROF. FELIPE DALENOGARE)


Técnico MPU:


Enunciado: No que se refere ao controle da administração pública,julgue os itens seguintes. Controle interno se refere,sempre, a atos de natureza administrativa.


Justificativa: O gabarito apresenta aassertiva como certa, porém não está correta. Ocontrole interno se refere aos atos da administração pública, gênero, do qualhá distintas espécies, inclusive os contratos e os atos políticos.


Veja-se que a súmula 473 do STF permite que a AdministraçãoPública reveja seus atos, inclusive os atos políticos, que poderão ser anuladosou revogados pela própria administração em nome do princípio da autotutela. Osatos políticos não possuem natureza administrativa e sofrem controle interno.Portanto, ao referir a palavra “sempre”, a assertiva encontra-se incorreta, umavez que o candidato não tem condições de aferir tal assertiva de modo abstrato.

 


Técnico MPU:


Enunciado: No que se refere ao controle da administração pública,julgue os itens seguintes. Contrato de direito privadofirmado em igualdade de condições pela administração pública com particular nãopode ser anulado unilateralmente.


Justificativa:Gabarito apresenta a assertiva como certa, porém não está correta. A anulaçãode qualquer ato da administração incluído os contratos de direito privado a queesta se submeta é prerrogativa oriunda do princípio da supremacia do interessepúblico sobre o privado. Ademais, encontra fundamento na súmula 473 do STF e noArt. 62, § 3º, combinado com o Art. 59, § único, ambos da Lei. 8.666/93.Observa-se que a anulação de contrato eivado de ilegalidade é dever daadministração pública e não mera faculdade. Veja-se, como exemplo, um contratode locação de imóvel em que a Administração seja locatária, não precedido delicitação ou fora das hipóteses de dispensa ou inexigibilidade de licitação.Trata-se de um contrato de direito privado em que a Administração está emigualdade de condições, mas possui o dever, unilateral, de anulação.

 


  •  PROCESSODO TRABALHO (PROF. CLEIZE KOHLS)


 AnalistaMPU:


Enunciado: Caso mandado desegurança relativo a ato impugnado envolva matéria afeta à jurisdição de determinadojuiz do trabalho, o julgamento do mandado competirá, originariamente, a essaJuiz. 


Justificativa: A questão deve ser anulada, pois padece de problema deredação, já que a afirmação não foi suficientemente clara, o que dificultou ainterpretação por parte dos candidatos. Veja-se, se o Mandado de Segurança estiver sendo feito de atopraticado (por terceiro) na jurisdição do magistrado, caberia, pois, a elejulgar.  Já, se o ato é do própriomagistrado, aí sim teríamos a competência do TRT conforme – art. 678, I, b, 3 da CLT. O que precisa ser analisado para a fixação da competência doJuiz, TRT, ou TST é a autoridade que pratica o ato violando direito líquido ecerto. E, isso não ficou claro no enunciado. 

Dispõe o art. 114, da CF, que compete à Justiça do Trabalho: os mandados de segurança, habeas corpus e habeasdata, quando o atoquestionado envolver matéria sujeita à sua jurisdição;  Por sua vez, a questão, apenas menciona que é a ato impugnado envolva matériaafeta à jurisdição de determinado juiz do trabalho. Assim, como não háno enunciado a informação clara de que o ato era do próprio magistrado, aquestão deve ser anulada.

 


 

  • PORTUGUÊS(PROF. LUANA PORTO)



Técnico MPU:


Enunciado: Em“servindo-nos” (l.3), o pronome “nos” poderia ser suprimido, sem prejudicar acorreção gramatical e a coesão texto.


Justificativa:Errado. Apesarde a supressão do termo não prejudicar o sentido, acarreta prejuízo gramatical,uma vez que o pronome “nos” é complemento exigido pelo verbo “servir”, que é,no contexto, transitivo direto e, portanto, requer uso de complemento verbal.Sustenta-se, ainda, que a classificação da transitividade do verbo “servir” nãoé consensual entre os gramáticos, havendo, para alguns, como Celso Luft, aclassificação do verbo como transitivo direto ou transitivo indireto,dependendo do contexto, e, para outros, como Ivanildo Bechara, apenas aclassificação como transitivo indireto. Em outras palavras, embora não hajaconsenso sobre a classificação da transitividade (se direta ou indireta), éconsensual a observação quanto à necessidade de o verbo exigir complemento, oque não dispensa, no caso em apreciação, a presença de “nos”.

 


 

AnalistaMPU:


Enunciado:Naforma “Afirma-se” (l. 9), o emprego do pronome “se” indica que não existe umagente responsável pela ação de afirmar.


Justificativa:Anular. A formulação do item está ambígua, uma vez que não permitecompreender se o que está em análise em “agente responsável pela ação deafirmar” é a função de sujeito do verbo (expresso pela oração subordinadasubstantiva subjetiva seguinte a “afirma-se”) ou se a classificação do pronome,como partícula apassivadora.

 


 

AnalistaMPU:


Enunciado: Acorreção gramatical do texto seria mantida se, no trecho “Quando nosdefrontamos”, por exemplo, com uma alastrada fome coletiva” (l. 11 e 12), aforma pronominal “nos” fosse suprimida.


Justificativa:Errado. O usodo verbo “defrontar”, no contexto, está em sua forma pronominal(“defrontar-se”), que é uma das possibilidades de emprego do verbo. A supressãodo pronome “nos”, no trecho em apreciação, retiraria essa condição do verbo,exigida pelo contexto e, portanto, acarretaria prejuízo da correção gramatical.


 


 

AnalistaMPU:


Enunciado:Considerando que situações de pobreza são sensíveis ao grau de desigualdade deum país, a autora do texto argumenta que uma ação de enfrentamento dadesigualdade consequentemente combate à pobreza.


Justificativa:Certo. Noprimeiro parágrafo, a autora revela que a situação de pobreza deve serenfrentada, levando-se em consideração a conexão entre desigualdade e pobreza.No último parágrafo, a autora comenta sobre a necessidade de a sociedade civilcombater a desigualdade “por meio da cidadania ativa”, procurando alcançar a“democracia e a garantia da justiça de gênero, da igualdade e dos direitoshumanos”. Inferindo-se que, entre a concepção de direitos humanos está a vidadigna, na qual não se inclui a pobreza, deve-se aceitar como correta a ideia deque uma ação de enfrentamento da desigualdade consequentemente combate àpobreza.

 


 

AnalistaMPU:


Enunciado: Aintrodução de uma vírgula imediatamente após a palavra “revelados” (l. 16)manteria a correção gramatical do texto.


Justificativa:Errado. O período subordinado em que o termo aparece está escritoem ordem direta: primeiro a oração principal, depois a oração subordinada,iniciada após “revelados” (l. 16). Em se tratado de ordem direta em períodocomposto por subordinação, não há razão para isolar oração principal e oraçãosubordinada, uma vez que o emprego de vírgula em período composto porsubordinação deve ocorrer apenas quando a oração subordinada aparecer antepostaà principal, tal como prevê, por exemplo, o gramático Evanildo Bechara.


 

Aulas Test Drive XXVI Exame: Regulamento dos sorteios

PUBLICADO EM 23/10/2018

As Aulas Test Drive acontecem de 24 a 26 de outubro. Junte-se ao nosso time de aprovados! 

As aulas são ao vivo e gratuitas abordando todos os conteúdos abordados no Exame de Ordem!


Ainda não se inscreveu? Corre lá e inscreva-se: https://ceisc.com.br/evento/25

São muitas horas de conteúdo gratuito abordando os temas mais cobrados na OAB.  Além dessa oportunidade incrível, você pode concorrer a bolsas de Estudos CEISC.

 

Sorteio no Facebook: 

Serão feitos sorteios de Bolsas de Estudos. Se comentou uma vez, já está concorrendo.  

Como participar:

Comente seu nome completo e cidade e a sua área neste post!, clicando neste link 

Sobre os ganhadores do sorteio:

Os ganhadores serão anunciados ao final de cada aula pelos professores.

Ganhadores:

Os alunos agraciados deverão entrar em contato através do e-mail atendimentofinanceiro@ceisc.com.brcom o título "Fui sorteado – Aulas Test Drive" informando o seu nome completo, CPF, endereço completo e qual curso, impreterivelmente até o dia 31 de outubro de 2018.

 

Boa sorte!

Ganhadores dos sorteios:


Dia

Aula

Professor

GANHADOR

Cidade/Estado

24/10

Correção do XXVI Exame

Processo Tributário

Guilherme Pedrozo da Silva

Giselle Arruda da Costa

Brasília/DF

24/10

Correção do XXVI Exame

Processo Penal

Nidal Ahmad

(LIVRO)

Melissa oliveira da Silva.

Porto Alegre

/RS

24/10

Correção do XXVI Exame

Processo Penal

Nidal Ahmad

(BOLSA)

Luciano Fernandes Ribeiro

Praia Grande/SP

24/10

Correção do XXVI Exame

Direito Constitucional

Caroline Muller Bitencourt

Janriê Rodrigues Reck

Emanuelly Rodrigues

Teresina - PI

25/10

Correção do XXVI Exame

Processo do Trabalho

Cleize Kohls

Direito do Trabalho

Luiz Henrique Menegon Dutra

Valter Barbosa

Recife  - PE

25/10

Correção do XXVI Exame

Claudio Soares

Risonete de Mendonça

Santa Rita-PB

26/10

Correção do XXVI Exame

Empresarial

Grace Kellen Corrêa de Freitas

Claudia Santos

Rio de Janeiro

26/10

Correção do XXVI Exame

Processo Civil

Bolsa de Estudos

Diogo Durigon, Veridiana Rehbein,

Leonardo Rizzolo Fetter, Tatiane Kipper, Patrícia Strauss

Rosângela Brandão de Souza

Cachoeira do Sul / RS

26/10

Correção do XXVI Exame

Processo Civil

Pulseirinha

Leonardo Fetter

Débora Dadalt

Xaxim / SC

Gabaritos Extraoficiais do MPU

PUBLICADO EM 22/10/2018

Bueno, concurseiros CEISC,


as provas de Analista e Técnico do Ministério Público da União foram aplicadas ontem, dia 21/10, em todas as capitais do Brasil. Os gabaritos preliminares serão publicados amanhã (23/10), conforme previsto pelo CEBRASPE-CESPE, no edital de abertura.

Nossos professores, preocupados com aqueles que não aguentam esperar, em razão da ansiedade de saber a quantidade de acertos,  corrigiram as provas e fizeram seus gabaritos, já apontando possíveis questões de recurso. 

Se você está ansioso, confira nossas listas de gabarito extraoficiais para ambos os cargos. Clique nos links abaixo:    


ANALISTA: https://d1ly1csstr22jg.cloudfront.net/arquivos/agiEiovyX6OvdJCSY5uAFxcbYTlrEd8vRH7K4amS.pdf


TÉCNICO:  https://d1ly1csstr22jg.cloudfront.net/arquivos/LW2KixPxX5yANECmSJT19OkcMKsgX2QsMwY6Hl3y.pdf




Certificado de Aprovação e Carteira OAB

PUBLICADO EM 10/10/2018
Olá, alunos!
Passada a euforia inicial da tão esperada aprovação na 2ª Fase do Exame de Ordem resta a tradicional dúvida: Como consigo meu certificado de aprovação e minha amada carteirinha?
A resposta é simples: Acompanhem no site da FGV https://fgvprojetos.fgv.br/node/135 a publicação do comunicado. Se a FGV ainda não publicou o comunicado referente ao seu estado, ela vai divulgar nos próximos dias.
Fiquem tranquilos, pois todo o procedimento está descrito de forma clara e detalhada, mas atenção aos prazos e procedimentos que são diferentes de Seccional para Seccional, ou seja, de Estado para Estado.
Abraços,
Equipe CEISC



Novidades no Concurso da Brigada Militar RS

PUBLICADO EM 05/10/2018
Novidades sobre o concurso público da Brigada Militar. Em abril de 2018, o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS) determinou a suspensão do concurso para o cargo de capitão da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros, em decisão cautelar, publicada no diário oficial do TCE no dia 2, fundamentando que o edital do Certame  apresentava duas irregularidades: uma referente à idade limite do candidato, que exigia 29 anos apenas para civis, e outra referente a taxa de inscrição que limitava o pagamento somente às agências do Banrisul.

Desde então, o concurso público está suspenso. Ainda não tivemos pronunciamento oficial do Secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul nem da banca organizadora, mas, recentemente, houve movimentação no processo.
Informações extraoficiais indicam que nos próximos dias haverá liberação do concurso público. Fique ligado, que poderá haver o certame ainda em 2018!

Lembramos que o concurso está organizado pela Fundação LaSalle.
De acordo com o edital, publicado em 26 de janeiro de 2018, são no total 250 vagas, sendo 200 vagas para o cargo de Capitão do Quadro de Oficiais de Estado Maior (QOEM) - Polícia Ostensiva e 50 vagas para Capitão do Quadro de Oficiais do Corpo de Bombeiros. A remuneração aproximada para ambos é de R$ 11.620,00.
Como requisito especial de investidura é necessário que o candidato seja bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, em instituição de ensino devidamente registrada pelo MEC.
Ainda, lembramos que o concurso prevê várias fases, entre elas: prova objetiva, prova discursiva, prova oral e prova de títulos, exames de saúde, psicológico e de capacitação física.

Por isso, não perca mais tempo, prepare-se com o CEISC. Estude com quem sabe e ensina o caminho certo! Estude com os melhores professores. Para mais informações, acesse:   https://ceisc.com.br/curso/111

Fique por dentro também das novidades de Concursos Públicos se cadastrando pelo link  www.ceisc.com.br/preparatorios/concursos

Como funciona o sistema de interposição de recursos: passo a passo

PUBLICADO EM 05/10/2018

Prezado candidato,

Diversas são as dúvidas quanto aos recursos: uma delas reside, principalmente, no que se refere ao sistema on-line de interposição. Por isso, hoje viemos demonstrar como funciona esse sistema.

Inicialmente, vale lembrar que o edital do XXVI Exame de Ordem prevê o prazo de 3 (três) dias para a interposição de recursos, iniciando a contagem do prazo no dia  10 de outubro, a partir das 12hs, encerrando-se às 12hs do dia 13 de outubro (lembrem-se: horário de Brasília)

Para interpôr seu recurso, você deve acessar este link: http://oab.fgv.br

Ao acessar o site, você deve selecionar o certame que você deseja interpôr recurso e o estado onde você prestou a prova. Você deve clicar na opção destacada "Link de Interposição de Recurso Contra o Resultado Preliminar da Prova Prático Profissional (2ª fase)". Nesse momento, o seu CPF e senha serão solicitados:

 

 

A própria OAB disponibiliza informações básicas aos candidatos que vão oferecer recursos. Após efetuar seu login, você encontrá o primeiro aviso. Neste momento, a informação mais importante que você recebe é de que ainda depois da interposição, o recurso poderá ser alterado até a data do prazo final.

 

 

Após o aviso, você terá seu primeiro contato com o sistema, devendo clicar em "incluir novo recurso contra a nota":

 

 

Após clicar em "incluir novo recurso contra a nota" você receberá novo aviso do sistema. Este aviso salienta outra questão importante: para cada questão é cabível apenas um recurso (com até 5.000 caracteres) e para peça também é cabível apenas um recurso (com até 5.000 caracteres):

 

 

Você será redirecionado para nova tela, nela você poderá optar sobre qual será o objeto do seu recurso, uma determinada questão ou a peça:

 

 

Após optar pelo objeto do seu recurso você deve clicar em "incluir novo recurso" e então será redirecionado para área onde você deve redigir seu recurso:

 

 

Após redigir devidamente seu recurso, você deve submetê-lo clicando no botão "salvar este recurso".

 _______________________________________________________________________________________________________________

INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Para conferir mais informações, acesse nossa postagem: "Sobre os recursos contra as correções da prova prático-profissional da 2ª fase do XXVI Exame da OAB, o que devemos estar atentos?"

- O candidato não pode inserir seu nome no recurso, deve evitar também quaisquer formas de identificações.

 A informação de qualquer dado pessoal ou qualquer outro dado que leve a possível identificação do candidato levará ao indeferimento sumário do recurso.

- Cada candidato poderá interpor APENAS UM recurso POR questão discursiva e sobre a peça profissional com o limite de até 5.000 (cinco mil) caracteres cada um. Logo, para cada questão da prova terá um limite de até 5.000 caracteres, e para a peça também terá um limite de 5.000 caracteres (peça toda).

- As fundamentações devem ser o mais objetivas possíveis buscando sempre demonstrar que a resposta dada em prova encontra-se em conformidade com o espelho.

________________________________________________________________________________________________

O CEISC vai corrigir recursos de alunos:


Nós sabemos o quanto é angustiante redigir um recurso. Sabemos que é bom poder contar com alguém para auxiliar neste momento. Foi pensando nisso, que a Equipe do CEISC vai auxiliá-lo com a correção do seu recurso, na busca da sua tão sonhada aprovação!!!

Para saber mais acesse este link: Correção de recursos: Examinandos do XXVI receberão auxílio em seus recursos.


Esperamos ter ajudado. 

Boa sorte!

Att, Equipe CEISC

Correção de recursos: Examinandos do XXVI receberão auxílio em seus recursos:

PUBLICADO EM 05/10/2018

O CEISC vai corrigir seu recurso

Nós sabemos o quanto é angustiante redigir um recurso. Sabemos, também, que é bom poder contar com alguém para auxiliar neste momento. E é pensando nisso que o CEISC se propõe a colocar sua equipe para auxiliá-lo no seu recurso, em busca da sua aprovação.

Todos os examinandos do XXVI poderão enviar seus recursos para correção pela Equipe CEISC.

Como funciona? 

INICIALMENTE LEIA ESTAS INFORMAÇÕES:

Sobre os recursos contra as correções da prova prático-profissional da 2ª fase do XXVI Exame da OAB, devemos estar atentos a quê?

Como funciona o sistema de interposição de recursos? Acompanhe o passo a passo

PROCEDIMENTO PARA QUEM TIVER O RESULTADO PRELIMINAR DIA 09/10

1) REDIJA SEU RECURSO:

Redija seu recurso de acordo com as nossas orientações. Você encontra todas nossas dicas nos links indicados no item anterior.

2) ENVIE UM E-MAIL:

Caso queira que o seu recurso seja corrigido pela nossa Equipe, envie um e-mail conforme cada área:

a) Penal: recursospenal@ceisc.com.br

b) Trabalho: recursostrabalho@ceisc.com.br

c) Civil: recursoscivil@ceisc.com.br

d) Tributário: recursos@ceisc.com.br

e) Constitucional: recursos@ceisc.com.br

f) Empresarial: recursos@ceisc.com.br

g) Administrativo: recursos@ceisc.com.br

*O assunto do e-mail deve ser “Correção de Recursos - Área da sua prova (Administrativo, Constitucional, Civil, Empresarial, Penal, Trabalho ou Tributário)” .

3) PRAZO

Tendo em vista a necessidade de tempo hábil para realizar a correção, receberemos os e-mails a partir do dia 09 de outubro até às 12hs (Horário de Brasília) do dia 11 de outubro de 2018

4) PRAZO DE DEVOLUÇÃO

Todos e-mails que chegarem até o prazo acima estipulados e tiverem todos os anexos necessários, serão corrigidos e devolvidos (por e-mail também) até o dia 13 de outubro, às 10hs (Horário de Brasília).

5) IMPORTANTE!!! ANEXOS NECESSÁRIOS:

Todos os e-mails recebidos deverão conter em anexo:

- o recurso redigido em word;

- o espelho de respostas, contendo a pontuação; e

- a prova do aluno.

Aos alunos pedimos atenção aos anexos, pois provas e espelhos ilegíveis NÃO serão corrigidos.


ATENÇÃO! Os e-mails recebidos fora das orientações acima NÃO serão corrigidos. Caso o aluno reencaminhe o e-mail com as orientações corretas sua correção será apreciada de acordo com a ordem de recebimento do último e-mail.

 

Sigam firmes, sigam fortes.

Abraços da Equipe CEISC.